Sobre

Konnichiwa!

Meu nome é Jefferson Timotheo. Paulistano, residente na “Terra da Garoa”, tenho como principal Hobby estudar a Cultura Japonesa, desde animes ao estilo de vida do Japonês em cada parte do país. Também ocupo boa parte do meu tempo ocioso tocando violão e guitarra. Musicalmente falando, não tenho uma formação, porém, gosto bastante de fazer um barulho. J-Rock e J-Pop me chamam a atenção desde que assisti Shurato na minha infância mas só agora que sei tocar um pouco que venho investindo mais no gênero.

Atualmente busco a fluência no japonês, venho estudando como dá, minha rotina de trabalho, faculdade e música me toma muito tempo, mas não deixo de assistir e ouvir alô em japonês.

Recentemente, procurando por informações sobre a cultura ocidental, sempre com foco no Japão, percebi que algumas coisas estavam sendo difíceis de encontrar e resolvi compartilhar minhas descobertas acerca dessa nação tão peculiar e de muito bom gosto.
Tenho vontade de um dia ir a Terra do Sol nascente, por este motivo, resolvi estudar ao máximo o país antes de sair desse “Brasilzão”. Atualmente estou dando meus primeiros passos nas aulas de japonês.

Os posts tendem a ser semanais, espero que gostem!

 


Sobre o Otaku Exception

logo

Caro(a) leitor(a),

A intenção deste site é unir conteúdo de qualidade, contendo informações úteis não só pra quem gosta de entretenimento, mas pra quem deseja realmente obter mais conhecimento acerca da cultura ocidental, em especial sobre o Japão. Por isso somos um dos poucos nos dias atuais que conseguem oferecer entretenimento e aprendizado, de forma simples e objetiva. Todo conteúdo aqui disposto tem como objetivo divulgar informações e agregar conhecimento.

Aqui você encontrará informações atuais sobre o Japão, e em específico muito da cultura otaku e suas peculiaridades (daí o nome Otaku Exception) que nada mais é que uma sentença utilizada para descrever não só o que geralmente é divulgado sobre universo, mas também falar sobre aquilo que não é tão comum.

Inicialmente minha ideia era apenas estudar japonês para assistir meus animes favoritos, ler os mangás sem tradução (pois a obra traduzida perde um pouco de sua essência) e para trabalho. Nos dias atuais, quanto mais idiomas falar, melhor para sua carreira, seja ela qual for.

Antes de buscar uma escola de idiomas tentei estudar por conta própria e percebi que informação é o que não falta, contudo, sem uma orientação estava difícil e queria  fazer alguns registros sobre o que encontrava para posteriormente, ao fazer o estudo orientado, esclarecer as dúvidas acerca de tudo que já havia descoberto. No meio do caminho, tive vários amigos do trabalho que estavam fazendo blogs sobre os mais diversos assuntos, chegavam exaustos, mas sempre com sorriso no rosto dizendo que era o “melhor hobby do mundo”. Poxa, tanta gente documentando suas habilidades, descobertas ou mesmo segundo emprego por meio de blog, com o conteúdo que aprendi nos últimos meses creio que é possível criar um também. A partir daí, resolvi criar o The Otaku Exception.

Estou muito empolgado para compartilhar com você cada nova descoberta. Se você não quer perder nada do que irei postar, não deixe de nos acompanhar nas redes sociais. The Otaku Exception Sempre terá algo novo para você. Encontre-nos!

Twitter
Facebook
Pinterest
Google Plus