Otaku e Otome – Qual a diferenca?

otaku-otome-diferenca-capa

Você já parou para pensar sobre o significado do termo Otaku?

Qual a origem dessa expressão? Porque este site que você está navegando neste momento adotou este nome? E otome, é o feminino de otaku?

Meninas só podem ser otome e não otaku? São tantas as perguntas a respeito deste assunto que fica difícil saber por onde começar, não é mesmo?

Após ler este post, terá outra visão de tudo o que já viu e ouviu sobre esse termo tão popular.

Qual o Significado da palavra Otaku?

otaku-katakana

Antes de abordarmos qualquer coisa, nada mais justo do que explicar de onde surgiu a palavra otaku, não é? Pois bem:

Ao pesquisar por “otaku“, você encontrará algumas definições, entre elas:

  • É um termo nascido no Japão e amplamente usado em outros países ao se referir a um fã de animes e mangás. No entanto, no Japão, o termo pode ser utilizado para apontar um fã de qualquer coisa de forma exacerbada, excessiva. (Wikipedia)
  • É a forma honorífica de “Taku”, que significa “casa”. É um termo extremamente negativo na acepção e é usado para se referir a alguém que fica em casa o tempo todo e não tem uma vida social, amorosa, etc. (Dicionário Urbano)
  • A palavra otaku originalmente era usada para se referir a uma pessoa, é frequentemente utilizado metaforicamente, como um título honorífico de segunda pessoa do pronome. Literalmente significa você. (Suki Desu).

São muitas as definições para este termo. Vejamos de forma resumida o significado ‘acordado’ no Japão e no mundo.

No Japão: Tem significado negativo, se refere a alguém ‘sem vida’, ‘bitolado’, ‘anti-social’, e que é fanático por animes e mangás, mas que abrange toda a cultura pop do Japão.

No mundo: Tornou-se um jargão para referenciar as pessoas fanáticas por algo do universo pop japonês, tais como action figures, animes, mangás, games, etc.

No Japão, as pessoas não tem o costume de se auto nomear otaku, enquanto no mundo, tornou-se um apelido dentre os amantes da cultura pop nipônica.

 

Os “Porquês” do Termo Otaku

otaku-texto

Agora que já citamos os principais possíveis significados da palavra otaku, vamos entender o porque dela ser considerada pejorativa no Japão:

A Crise no Pós-Guerra

Após a Segunda Guerra Mundial, o Japão passou por um doloroso recesso financeiro, no qual investiu massivamente na reconstrução de sua economia. Neste momento, parte dos japoneses, principalmente homens, que não se adequavam a essas mudanças foram se isolando da sociedade.

Depois disso, uma grande crise atingiu o Japão durante o estouro da bolha econômica nas décadas de 1980 e 1990. Atrelado a isso Tsutomu Miyazaki um assassino em série foi preso ao reproduzir os crimes contidos em sua coleção de mangás.

As ações deste indivíduo foram diretamente ligadas ao fanatismo extremo que ele possuía com relação a essa parte da cultura pop. 

A crise financeira dessa década trouxe uma queda drástica na taxa de natalidade do país, onde muitos homens optaram por se isolar, vivendo predominantemente em função de suas fantasias e hobbies (muitas vezes relacionadas ao universo otaku).

otaku-quarto

Neste momento, caras que ficaram em casa e só se relacionavam com o mundo pela web não tinham mais interesse em construir uma família. Além disso, não consumiam, logo, não movimentavam a economia e eram mal vistos por isso pela sociedade.

Dentro do Universo Pop Japonês

Enquanto para grande parte dos japoneses, o otaku era o cara bitolado e sem vida, dentro do universo pop, esse cara era o detentor de conhecimentos aprofundados (mas não excessivos) e que engajava um novo setor da economia, o de consumo de quadrinhos e animações.

Nessa época, o país passava por uma crise complicada e graças ao aumento no consumo deste tipo de mídia e de outras ações emergenciais do governo japonês, foi possível trazer o Japão a ascensão novamente.

Após este momento delicado, o país passou a ver de forma menos negativa os otaku.

O Universo Pop Nipônico ao Redor do Mundo

Quando as animações e quadrinhos do Japão começaram a ganhar espaço no mundo, muitos e muitos adeptos surgiram por todo o globo, o termo rapidamente caiu no gosto dos fãs, que logo cunharam o termo para designar qualquer um que tivesse esse interesse que ia além do simples gostar ou contemplar a cultura pop japonesa.

A partir daí, todos os anos diversos festivais e eventos reúnem milhares de fãs para uma grande confraternização e compartilhamento de ideias sobre o universo otaku.

De cosplays a eventos de animação, o mundo inteiro já possui influência da cultura pop japonesa, que cresce a cada dia!

 

Qual o significado de “Otome”?

Otome é uma das formas de se dizer ‘menina’em japonês. Significa ainda, ‘donzela’, ‘garota pura’, etc. 

Além de otome, várias palavras se referem as garotas, como por exemplo:

  • shoujo (pequena garota) 
  • onna no ko (menina) 
  • musume (garota / filha)

 
Todos os exemplos acima se referem a palavra ‘menina’ em japonês. Sério, são muitas as formas de se dizer a mesma coisa em japonês.

Otome é o Feminino de Otaku?

otomes

A pergunta que não quer calar? Otome é ou não é feminino de otaku?
A resposta é…? Nãããããão!

Otaku é uma palavra unissex, que se refere a uma pessoa com fanatismo exagerado de algo. Otome é apenas uma das formas de se dizer garota, como já explicado acima.

Mas então por que cargas d’água meio mundo chama de otome as garotas otaku?

Vamos à otome road (vídeo em inglês, mas que dá para ativar a legenda automatica):


 

Por causa das ruas do bairro de Ikebukuro, em Tóquio, onde as lojas são quase que exclusivamente destinadas ao público feminino, e que o conteúdo comercializado aqui também é focado em animes e mangás.

Logo, grande parte das otaku começaram a frequentar essa área e otome ficou ‘convencionado’ como o feminino de otaku.

Outra curiosidade é referente ao gênero de game chamado Otome Game (otome gamu).

Esse tipo de jogo tem como principal característica uma menina tentando se relacionar com um dos vários meninos que aparecem no game, assim como ocorre nas visual novels. 

 

E aí, o que achou do post? Faltou informações? Há alguma curiosidade que esquecemos de citar? Marque seus amigos, curta, comente e compartilhe este post e ajude mais pessoas a conhecer o universo otaku…

Em outro post entraremos em detalhes nos tipos de otaku e de otome mais conhecidos (e outros nem tanto)

Matta ne!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *