Last Updated:

Monte Fuji – O Cartão Postal Japonês

Categorias Locais e Eventos0 comentário
Explorando o Japão Monte Fuji

O Monte Fuji certamente é um dos maiores atrativos do Japão, não só por sua beleza, mas pela sua localização e pelo que ele representa. Este, é palco de maior visitação do Japão, sendo atualmente a montanha mais escalada do mundo.

Em algumas religiões ocidentais o Fuji é simbolo de devoção. Acredita-se que o homem japonês deve escala-lo ao menos uma vez na vida, para que receba as bençãos e dessa forma seja bem sucedido e sortudo em sua vida.

 

 

 

Curiosidades Sobre o Monte Fuji

Falando um pouco sobre este solitário porém majestoso ícone japonês vamos a alguns dados interessantes.

O Fuji-san como eh carinhosa e respeitosamente tratado pelos japoneses é a maior montanha do Japão com mais de 3700m de altura, sendo inclusive, um vulcão inativo ou adormecido por mais de 300 anos.

 

Outro dado que chama a atenção é que existe uma data especial para celebrar o Monte Fuji. É chamado de “”Fuji-san No Hi“”, no dia 23 de fevereiro e a escolha da data é por causa do “trocadilho” 2.23 que pode ser lido como Fu (2) Ji (2) San (3), (que foneticamente tem a mesma pronúncia de “Fuji-san”).

 

 

O homem por trás disso é Heita Kawakatsu, governador de Shizuoka desde 2009. Ele promulgou a data com o intuito de que a UNESCO reconhecesse o Monte Fuji como Patrimônio Cultural Mundial. (O que ocorreu em junho de 2013).

 

 

Mais um fato curioso é que o Fuji-san possui um “sósia” na Austrália, o monte Taranaki. Dependendo do angulo em que o Taranaki é observado, fica evidente a semelhança com o Fuji-san. Para se ter uma idéia, ele é tão parecido que fez parte do cenário do filme o ultimo samurai representando o Monte Fuji. Abaixo há uma foto do Taranaki para que tire suas conclusões:

 

monte-fuji-mt-taranaki

 

São várias as curiosidades sobre o querido Fuji. Na minha concepção, o mais incrível é o fenômeno Chamado “Diyamondo Fuji” ou Diamante Fuji.

 

 Diamante Fuji

Este fenômeno refere-se ao exato instante em que o Sol, ao “nascer”, se cruza com o topo do monte Fuji. O mesmo ocorre ao fim da tarde. Este por do sol lindo pode ser visto da cidade, especialmente se o dia estiver claro, o Monte Fuji “brilha” com o sol atrás dele, por causa dessa luminosidade é dado o nome de Diamante Fuji.

 

Para apreciar este fenômeno é necessário mudar o ponto de observação de acordo com o dia do ano, os dias mais especiais aqueles final de janeiro e início de fevereiro. Como o monte Fuji pode  ser visto a partir de Tóquio se o dia está claro e Portanto, a visibilidade suficiente para ver o Monte Fuji a partir dos observatórios dos arranha-céus da cidade, um lugar onde centenas de fotógrafos profissionais e amadores tentando fotografar reunir no momento certo.

 

O ápice do evento ocorre as 08:00 da manhã, quando o Sol aparenta nascer do topo do monte.
É uma cena linda e o melhor local para apreciar o evento é de um mirante localizado nos arredores da montanha.
Você pode acompanhar este magnifico fenômeno da natureza no vídeo abaixo:

 

 

 

 

Os créditos sobre as principais curiosidades a respeito do Monte Fuji são de Japão em Foco, que contribuíram grandemente para que este post fosse criado.