Aokigahara, a Floresta dos Suicidas

Explorando o Japão Aokigahara

Aokigahara é uma floresta densa, que trás em sua história muita escuridão e sangue.

Se você não gosta de histórias que não possuem final feliz, vá até nossa página inicial e leia outro post.

Em Aokigahara, muitas vidas foram ceifadas e, atualmente, este local, que fica ao noroeste do Monte Fuji é o segundo destino mais procurado do mundo pelos suicidas (o 1º fica nos Estados Unidos, a famosa Golden Gate Bridge).

A penumbra que envolve esta floresta é tão profunda que Aokigahara ganhou o pseudônimo de Mar de Árvores.

 

Filme Sobre Aokigahara – A Floresta Maldita (2016)

Para se ter ideia da dimensão do horror e medo que esta floresta transmite as pessoas, recentemente foi feito um filme onde boa parte da trama se desenvolve na Floresta do Suicídio. Veja o trailer abaixo:

 

Dados da Floresta dos Suicidas

A floresta é vasta e dificilmente alguém é encontrado (com vida) uma vez que decide ir até lá para tirar a própria vida. 

Como a área tem um certo padrão de paisagem, e partes com mata bem fechada, ficou conhecida como o “Mar de Árvores.”

Para que haja mais chances de encontrar alguém, várias placas como a exibida abaixo estão fixadas em toda floresta com os dizeres:

Aokigahara

 

Sua vida é um dom precioso de seus pais.

Por favor, consulte a polícia antes de decidir morrer!

 

Mesmo com estes avisos, são muitos os que ainda concretizam seu plano inicial de tirar a própria vida.

Um fato curioso é que existem basicamente três tipos de pessoas que frequentam a famigerada floresta:

  • Pessoas que estão a procura de uma paisagem única, na qual tem como plano de fundo o magnifico Monte Fuji;
  • Pessoas que são curiosas e que gostam da morbidez e do clima macabro que envolve a região por conta das histórias;
  • Pessoas que querem ter como último lugar visitado a floresta de Aokigahara, os suicidas.

 

Vale lembrar que além da floresta, de modo geral o suicídio tem um papel histórico na cultura do Japão, desde o Período Heian, passando por momentos pós guerra e a resseção que assolou o país nas décadas de 80 e 90.

 

10 Fatos Medonhos Sobre Aokigaraha

Abaixo temos uma lista com fatos no mínimo inusitados sobre este lugar tão sombrio:

  1. A floresta é “naturalmente” sinistra – as árvores desta região possuem raízes e troncos torcidos, aumentando ainda mais o clima que nos remete aos filmes de terror.
  2. Enforcamento é o método de suicídio mais comum na região – grande parte das vítimas encontradas pelas autoridades policiais estão penduradas nas árvores pelo pescoço, caracterizando uma morte agonizante.
  3. Sair das trilhas da floresta pode trazer uma experiência macabra – São várias as imagens na internet sobre corpos amarrados em meio a densidão da floresta. Várias pessoas são encontradas, tendo como causa de sua morte a desidratação e fome.  
  4. Usar fitas é um dos melhores métodos para não se perder – Por causa da paisagem uniforme, usar fitas para se situar torna-se uma estratégia inteligente e eficaz para que não siga um caminho sem volta.
  5. O Seppuku, ou morte auto-infligida era sinônimo de honra – Quando um samurai perdia uma batalha, mas não era executado pelo oponente, o perdedor cometia o suicídio para “morrer com dignidade”.
  6. A eutanásia de idosos também foi prática comum em Aokigahara – numa época em que a crise assolou o Japão, famílias que possuíam pessoas mais idosas costumavam “exilá-los” no alto de montanhas afim de manter mais mantimento para os demais membros da família. Sendo isso verdade ou não, são histórias deste tipo que se disseminaram no folclore nipônico. 
  7. Os casos de suicídio foram tantos que deu origem a uma novela – Em 1960, o escritor japonês Seicho Matsumoto lançou o romance trágico Kuroi Jukai , em que um amante de coração partido se retira para o Mar de Árvores para acabar com sua vida.
  8. Aokigaraha é a floresta mais assombrada do mundo – Isso porque diferente das demais que são cotadas, os fatos não são meras lendas ou parte do folclore local. Na floresta dos suicidas há mais de 200 mortes / ano, (dados wikipedia).
  9. Na floresta, não é possível pedir ajuda – Devido a composição geológica rica em ferro e magnésio, os sinais de celulares, GPS e vários meios de comunicação são quase nulos.
  10. Acredita-se que o local seja assombrado – Tanto que o filme citado no início do post é baseado nesses contos locais onde os espiritualistas creem que o espírito de quem morre no “Mar das Árvores” permanece perseguindo pessoas, em busca de algum tipo de vingança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *