Amina Du Jean – A 1ª Idol Negra do Japão!

amina du jean

Amina du Jean ou Aminyan é a primeira negra não-mestiça (meio-japonesa, meio-negra) a conquistar o título de “idol” no Japão. 

Com apenas 20 anos de idade e sem vínculo familiar com o Japão, Amina já possui um grupo de J-pop e está em Tóquio desde 2016.

A jovem ainda está nos primeiros passos rumo ao estrelato, sonhando um dia ser tão conhecida como AKB48 e outros grupos famosíssimos no Japão.

 

 

O que é Idol?

Antes de falarmos da história de Aminyan, teremos uma breve explicação da profissão na qual ela escolheu vivenciar no Japão, como é o mercado e quais as dificuldades de ingressar neste ramo tão competitivo.

Falando da definição de “idol”, dentro da cultura pop japonesa, refere-se a jovens que são produzida por agências, com o intuito de torná-las modelos.

Geralmente, a idol passa por um treinamento intenso onde desenvolve aptidões para atuar em um determinado nicho (os mais comuns são moda, música e TV).

A idol tem algumas características marcantes. São jovens, bonitas, se enquadram na cultura kawaii e precisam manter a boa aparência e atitudes, pois, na maioria das vezes são vistas como exemplo por outras jovens.

Ainda seguindo a definição dada pelo Wikipedia, podemos dizer que:

O termo[idol] é comercializado por agências de talento japonesas que realizam audições para meninos e meninas com pouca ou nenhuma experiência prévia na indústria do entretenimento. Estes são comercializados como ídolos.

 

 

Como Tudo Começou?

Agora que já temos o conceito definido, podemos falar sobre o início da carreira de Aminyan.

Filha de doutor em Literatura e professor de História Avançada, recebeu também incentivo da mãe, que praticamente a criou dentro da National Geographic. 

Desde muito jovem, a garota de Detroit gostava da cultura pop japonesa. A vestimenta típica das idols, geralmente seifuku ou roupas kawaii encantaram a jovem que logo foi se aproximando da música por meio de grupos como AKB48 e Morning Musume. 

Aos 12 anos de idade iniciou os estudos de japonês com aulas particulares, depois na escola dos 13 aos 17 e por fim, conseguiu atingir o nível intermediário aos 18 anos.

Amina du Jean é apaixonada pelo “diferente”, ama escrever, gosta de documentários e está cursando Relações Internacionais no momento.

 

amina du jean apresentacao solo

Primeira apresentação no aniCrush

 

 

Amina du Jean e o Estrelato

Antes mesmo de ter viajado ao Japão, Aminyan já fazia sucesso em um site japonês chamado Nico Nico, (site em japonês e necessário cadastro para visualizar os vídeos) onde conseguiu chamar a atenção da agência que resolveu “produzi-la”.

Além de cantora, vez alguns trabalhos como modelo, e é integrante de um grupo de J-pop chamado Chick Girls, no qual o conceito “Ao estilo de Hollywood” ficou como marca registrada.

Além disso, já teve matérias sobre ela publicadas em importantes veículos de comunicação como a NHK e o Japa Times.

Contudo, nem tudo são flores e para chegar onde chegou passou por alguns perrengues.

Diferentemente do que pode estar pensando, Amina sofreu preconceito no Japão e fora de lá ao tentar se tornar idol. Mas o que chamou a atenção foi o fato de que o preconceito partiu PRINCIPALMENTE dos não japoneses.

Dentro do universo pop conseguiu destaque não só por ser negra, mas por aceitar o desafio de fazer o diferente.

Existem atualmente mais de 1000 grupos de j-pop e por todo o Japão, contudo, alguns requisitos são básicos:

  • Aprender japonês é o mais óbvio deles.
  • Fazer vídeos, se expor, tentar de alguma forma ser visto também é algo importante.
  • Cuidar da aparência e, claro, começar cedo é imprescindível pois as agências no Japão escolhem as pessoas que acham carismáticas e com potencial e literalmente criam o talento.

 

 

Amina du Jean Nas Redes Sociais

Ficou curioso(a) e quer conhecer mais sobre a vida da Amina du Jean, seguem abaixo alguns caminhos para encontrá-la nas redes sociais:

Blog Pessoal

Instagram

Twitter

YouTube

 

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Michele Sabrina Soares da Silva disse:

    Parabéns pelo belo trabalho, amei a voz da Amina (Aminyan), espero que a preconceito para com ela diminua e que o sucesso só aumente.

Comente este post!

%d blogueiros gostam disto: